Lúcia Murat

Diretora, estreou em longa-metragem com Que bom te ver viva (1988), apresentado no Festival de Toronto e escolhido melhor filme do júri oficial, do júri popular e da crítica no Festival de Brasília de 1989. Após, dirigiu Doces poderes (1996); Brava gente brasileira (2000); Quase dois irmãos (2003), que conquistou o prêmio de melhor direção e melhor filme latino americano no Festival do Rio 2004 e melhor filme no Festival de Mar Del Plata 2005; O olhar estrangeiro (2005) e Maré, nossa história de amor, selecionado para a mostra Panorama do Festival de Berlim de 2008.

 

Cursos já ministrados com Lúcia Murat


Voltar


Quem Somos Nós?Instagram
PARCERIA
RÁDIO OFICIAL
APOIO