JÁ FOI
  • Informações
  • Início: 05/11/2013
  • Duração: 6 encontros
  • Dias: Terças-Feiras
  • Horário: das 20h às 22h
  • Valor: 3x de R$260,00
 

Mente

Mitos da Ópera à Luz da Psicanálise

Música, narrativa e representação
com Pedro de Santi

A ópera foi chamada de obra de arte total por um de seus maiores compositores: Richard Wagner. Neste curso, serão analisadas psicanaliticamente algumas grandes óperas da perspectiva dos mitos subjacentes. Com o uso de trechos de montagens diferentes, é possível perceber as dinâmicas de identidade e diferença através das opções narrativas das diversas montagens. Em alguns casos, compositores diferentes abordaram um mesmo mito, como no caso de Orfeu e Eurídice; em outros, há uma ópera só que, por ser excessivamente famosa, demanda inventividade dos diretores para produzir um efeito de novidade à sua montagem, como em Carmen.


Pedro de Santi

Psicanalista, mestre em Filosofia pela USP e doutor em Psicologia Clínica pela PUC-SP. Pro...
  • 1
    05/11 Orfeu e Eurídice, nas óperas de Monteverdi e Gluck e no filme Orfeu Negro, de Camus. O luto e o poder na música.

  • 2
    12/11 Medeia, na ópera de Cherubini e no filme de Pasolini. A potência trágica da paixão.

  • 3
    19/11 Carmen, de Bizet, em cinco montagens. Vida e morte na afirmação do desejo.

  • 4
    26/11 Otelo, na ópera de Verdi e na peça de Shakespeare. Ciúme, inveja e culpa; sob o domínio do mal.

  • 5
    03/12 Don Giovanni, de Mozart. Sedução, ironia e culpa.

  • 6
    10/12 Tristão e Isolda, de Wagner. O amor romântico e a dissolução de si.


    • Aguarde o carregamento ... Carregando...
Cálculos das Parcelas
1 x R$780,00
2 x R$390,00
3 x R$260,00

Quem Somos Nós?Instagram
PARCERIA
RÁDIO OFICIAL
APOIO