JÁ FOI
  • Informações
  • Início: 02/02/2018
  • Duração: 4 encontros
  • Dias: Sextas-Feiras
  • Horário: das 20h às 22h
  • Valor: 4x de R$185,00
 

Programa de Férias

Astronomia e as Culturas do Céu

Com visita e aula exclusiva no Planetário do Ibirapuera
com Walmir Cardoso

Atenção: este curso é ministrado presencialmente na Casa do Saber (rua dr. Mario Ferraz, 414, São Paulo). Caso queira acompanhar via internet, consulte a área “Ao Vivo/ On-line” do site. A matrícula na turma presencial não possibilita o acesso à versão on-line do curso e vice-versa.


“Mas se alguém estiver sozinho, deixe-o olhando as estrelas. Os raios que vêm desses mundos celestiais o separarão do que ele pode tocar (...) a atmosfera pode transmitir a impressão de ter sido feita transparente para poder dar, em forma de corpos celestiais, a perpétua presença do sublime (...) As estrelas despertam certa reverência, porque embora sempre presentes, elas são inacessíveis; mas todos objetos naturais causam uma impressão aparente, quando a mente está aberta à sua influência” (Ralph Waldo Emerson, Natureza).

Cada povo viu – e vê - o céu estrelado de um jeito diferente. Essas diversas formas de interpretar os astros deixaram evidências na construção dos calendários, nas narrativas mitológicas, na arquitetura de templos e mentalidades, e também nas práticas de rituais ao longo da história – desvendar o céu de cada um é entender como pensavam e sentiam. O curso pretende mostrar essa diversidade de matrizes culturais a partir de conceitos que operam no encontro entre astronomia, arqueologia e os costumes e tradições de diferentes povos, demonstrando as semelhanças e diferenças de olhar o céu e o mundo que cerca as diversas sociedades.


 


Planetário do Ibirapuera: Olhar o Céu de São Paulo outra vez


Um passeio pelo céu, em comemoração aos 60 anos do Planetário do Ibirapuera. Desde a sua inauguração, sob a direção do professor Aristóteles Orsini, o Planetário do Ibirapuera recria em suas sessões as maravilhas do céu noturno ocultas na grande metrópole. Vamos explorar os objetos celestes mais fascinantes, visíveis na noite da data de inauguração do Planetário, dia 26 de janeiro de 1957, como Marte, a constelação de Órion, e o Cruzeiro do Sul, terminando com uma chuva de meteoros na madrugada.


Faixa etária: Destinada ao público de todas as idades.


Duração: 50 minutos


Walmir Cardoso

Graduado em Física pela PUC-SP, com especialização em História da Ciência pela Unicamp, mestre em...
  • 1
    02/02 Astronomia nas culturas: cada cultura vê um céu diferente. Dos aborígenes australianos aos inuit, dos egípcios antigos aos japoneses. Como o céu está ligado a cada período e à paisagem descrita pelos seres humanos

  • 2
    09/02 O zodíaco: seus símbolos e signos. As constelações zodiacais estão nas raízes da astrologia e astronomia da Antiguidade. O céu mesopotâmico, egípcio e do Ocidente

  • 3
    16/02 Os céus dos índios brasileiros: quantos céus havia no Brasil além do céu oficial da astronomia estabelecida? Quatro etnias (Guarani, Ticuna, Tukano, Palikur) e suas visões de mundo em associação com as estrelas

  • 4
    23/02 O céu que nos protege. Uma visita ao planetário do Ibirapuera para ver em uma sessão especial e aula prática, o céu das várias culturas do planeta

    Obs.: a projeção do Planetário tem início às 19h30; após a saída do público haverá uma aula exclusiva dentro da sala de projeção.



    • Aguarde o carregamento ... Carregando...
Cálculos das Parcelas
1 x R$740,00
2 x R$370,00
3 x R$246,67
4 x R$185,00

Quem Somos Nós?Instagram
PARCERIA
RÁDIO OFICIAL
APOIO