• Informações
  • Início: 05/12/2019
  • Duração: 3 encontros
  • Dias: Quintas-Feiras
  • Horário: das 20h às 22h
  • Valor: 3x de R$185,00
 

Especial

O Direito, Uma Nova Leitura

Magia, teatro, astrologia e Bíblia
com Ari Marcelo Solon

Atenção: este curso é ministrado presencialmente na Casa do Saber (rua dr. Mario Ferraz, 414, São Paulo). Caso queira acompanhar via internet, consulte a área “Ao Vivo/ On-line” do site. A matrícula na turma presencial não possibilita o acesso à versão on-line do curso e vice-versa.

O direito, considerado uma ciência social pelo mundo contemporâneo, tem suas origens associadas à magia e aos rituais mágicos no mundo antigo. Não à toa, a jurisdição está ligada ao poder de “dizer o direito” (juris dictio), ou seja: como um mago, o juiz tem o poder atrelado à sua fala ritualística; por meio de suas palavras, falam as Musas e decidem os deuses. Menos à toa ainda a palavra grega “tragédia” (tragos “bode” + oidé “canto”) traz em si o canto do bode expiatório, destinado a aplacar a fúria de Dioniso durante seus rituais.

Os encontros apresentam uma leitura história do direito a partir da percepção de que o processo jurídico, racionalizado ao máximo em épocas de inteligência artificial e quetais, vem do teatro – vide que a verdade das formas jurídicas está já presente no Édipo e sua condenação. O ritual mágico do direito consiste no coro do teatro, na aclamação democrática, ao mesmo tempo em que o direito vem da arte nômade do indivíduo contra o Estado, tal como um Fausto que se levanta contra seu oponente inflexível.


Ari Marcelo Solon

Livre-docente, doutor e mestre em filosofia e teoria geral do direito pela Faculdade de Direito d...
  • 1
    05/12 Direito e astrologia: estava escrito nas estrelas?

    Mundo lunar e sublunar; Perspectivismo cosmológico; Cosmos, cosmologia e cosmopoiesis; Por que Saturno?; Saturno como mitologema da cultura ocidental; Chronos e Saturno; A era de ouro de Platão a Virgílio; Tempo e Saturno; Tempo e Soberania; Saturno e o misticismo na Idade Média e no Renascimento; Saturno e messianismo; Ratio Scripta como alegoria e magia – interpretação em perspectiva do humanismo jurídico; Símbolo e alegoria na virada da modernidade; Saturno e Melancolia; Angelus Novus e a realização do Direito.


  • 2
    12/12 Direito e teatro mágico: a leitura de Carl Schmitt – Hamlet ou Hecuba?

    Ontologia matemática; Tragédia grega: a relação entre a tragédia e o direito; A preocupação de Solon; Intenção e responsabilidade; A impossibilidade da responsabilidade; Drama e Melodrama; A irrupção do real; Fenomenologia dos fantasmas; Fantasmas de antes e depois da Reforma; A leitura de Walter Burckert – Mythos; A melancolia de Hamlet; A melancolia do Fausto; O signo de Saturno, mais uma vez.


  • 3
    19/12 Direito e magia bíblica: o fundamento místico da autoridade

    Direito entre o mítico e o místico; Misticismo e interpretação mística entre arcanização, teosofia, e existência; O livro da criação (Sefer Yetzira) de Abrão a partir das fontes islâmicas e sua influência na filosofia do direito; Kabbalah e neoplatonismo; Alegoria e gematria; Tradição e messianismo; O signo de Saturno, por uma terceira vez; O caso de Paulo de Tarso; Lei, Espírito, e realização na Epístola aos Romanos; O caso de Franz Kafka; Diante da Lei; Misticismo e hermenêutica jurídica radical.



    • Aguarde o carregamento ... Carregando...
Cálculos das Parcelas
1 x R$555,00
2 x R$277,50
3 x R$185,00

Quem Somos Nós?Instagram
PARCERIA
RÁDIO OFICIAL
APOIO