JÁ FOI
  • Informações
  • Início: 13/06/2018
  • Duração: 4 encontros
  • Dias: Quartas-Feiras
  • Horário: das 20h às 22h
  • Valor: R$ 780,00
 

Ao Vivo | On-line

Mitologias Contemporâneas | On-line

Transmissão via internet | As narrativas que orientam o mundo
com Sílvio Anaz

Atenção: este curso é ministrado presencialmente na Casa do Saber (rua dr. Mario Ferraz, 414, São Paulo). Caso queira acompanhar via internet, consulte a área “Ao Vivo/ On-line” do site. A matrícula na turma presencial não possibilita o acesso à versão on-line do curso e vice-versa.


Joseph Campbell define os mitos como sonhos públicos e os sonhos como mitos privados. Todo discurso, seja ele político, religioso ou artístico, é orientado (ou desorientado) por narrativas mitológicas. Esta tese, defendida por pensadores tão distintos como Edgar Morin, Northrop Frye, Gilbert Durand, Joseph Campbell e Cornelius Castoriadis, mostra que as maneiras de pensar e criar produtos culturais nas sociedades contemporâneas estão povoadas por lições atualizadas de mitos ancestrais. Em tempos de pós-verdade e pré-mentira, o curso aborda os elementos necessários para compreender como ocorrem e se manifestam as influências das diferentes mitologias no mundo contemporâneo, e como, por meio de um antagonismo entre desencantamento e reencantamento do mundo, elas inspiram os comportamentos, símbolos, imagens e discursos atuais.


Bibliografia 


DURAND, Gilbert. Campos do imaginário. Lisboa: Instituto Piaget, 1998.


ELIADE, Mircea. Mito e realidade. São Paulo: Perspectiva, 2002.


FERRY, Luc. A sabedoria dos mitos gregos. São Paulo: Companhia das Letras, 2012.


VERNANT, Jean-Pierre. O universo, os deuses, os homens. São Paulo: Companhia das Letras, 2000.


Sílvio Anaz

Doutor em comunicação e semiótica pela PUC-SP, com pós-doutorado em meios e processos audiovisuai...
  • 1
    13/06 O mito vivo e o saber coletivo dos mitos fundadores

  • 2
    20/06 Como os mitos circulam nas sociedades: o arcaico no contemporâneo

  • 3
    27/06 Mitos dominantes e contraculturais nos séculos 20 e 21: de Prometeu a Dioniso

  • 4
    04/07 Imaginários contemporâneos: desencantamento e reencantamento do mundo



Quem Somos Nós?Instagram
PARCERIA
RÁDIO OFICIAL
APOIO