JÁ FOI
  • Informações
  • Início: 22/06/2017
  • Duração: 3 encontros
  • Dias: Quintas-Feiras
  • Horário: das 20h às 22h
  • Valor: 3x de R$190,00
 

Ao Vivo | On-line

Indústria no Brasil: Inovação e Desenvolvimento | On-line

Transmissão via internet
com João Furtado

Atenção:



  1. O curso "ao vivo| on-line" é a transmissão via internet de um curso realizado presencialmente na Casa do Saber. Certifique-se de que seja essa a sua intenção e matricule-se na turma correta. A inscrição nas turmas virtuais não possibilita o acesso às turmas presenciais e vice-versa. 

  2. Você pode assistir às aulas de onde estiver no momento exato em que acontecem, ou em até um mês após sua transmissão, quantas vezes quiser e quando quiser. Após esse prazo, no entanto, o vídeo da aula sai do ar irrevogavelmente.


O curso trata de inovação em uma área que é fortemente marcada pelas crises que sacodem o Brasil: a indústria – não à toa, a participação da indústria no resultado do PIB foi de 11,40% em 2015, mesmo patamar de 1947. Os anos do Plano Real são marcados por uma democracia operante, com certa estabilidade econômica e grande inclusão social; no entanto, a estabilidade não pode ser considerada efetiva se ela não é capaz de criar condições para que as empresas façam investimentos em novas capacidades produtivas, pois são elas que elevam a produção, reduzem os custos, aumentam a competição entre as empresas e a competitividade da economia. 


Observar o atual cenário da produção industrial no Brasil leva a alguns questionamentos que, de paradoxais, parecem insolúveis: como a indústria pode sofrer desde o início do Plano Real os efeitos de uma competitividade insuficiente, se há um mercado interno extraordinariamente carente? Por que, numa economia estabilizada há tanto tempo, as autoridades econômicas travam de maneira recorrente a demanda desse mercado interno?  Afinal, por que a taxa de investimentos no setor permanece sistematicamente baixa? 


Os encontros mostram como a única solução possível para a economia brasileira está no reencontro da macroeconomia com a política industrial e investimentos em infraestrutura, de um lado, e a produtividade, do outro lado.


João Furtado

Mestre em ciências econômicas pela Unicamp e doutor em sciences économiques pela Université de Pa...
  • 1
    22/06 A indústria brasileira desde o II Plano Nacional de Desenvolvimento (1975 -1979): o que mudou nos últimos quarenta anos?

  • 2
    29/06 As causas do dito “atraso empresarial brasileiro”. Como inovar nesse cenário?

  • 3
    06/07 Crescimento sustentável: em busca de um novo patamar de produtividade e competitividade para o Brasil


    • Aguarde o carregamento ... Carregando...
Cálculos das Parcelas
1 x R$570,00
2 x R$285,00
3 x R$190,00

Quem Somos Nós?Instagram
PARCERIA
RÁDIO OFICIAL
APOIO